Donga, ex-prefeito de Santaluz, morre aos 70 anos

Com promessa de 1.500 empregos, Equinox diz que vai reativar mina de ouro em Santaluz
30 de julho de 2020
Santaluz registra cinco novos casos positivos de Covid-19; confira o boletim completo
31 de julho de 2020

Donga, ex-prefeito de Santaluz, morre aos 70 anos

Por Notícias de Santaluz

O ex-prefeito de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, Zenon Nunes da Silva, morreu na madrugada desta quinta-feira (30), aos 70 anos. A Prefeitura decretou luto oficial de três dias em todo o território do município.

Donga, como era popularmente conhecido, passou por duas cirurgias cardíacas no ano passado e se recuperava bem, mas na última segunda-feira (27) sentiu um desconforto e foi levado para Salvador, onde permaneceu internado no Hospital Santa Isabel. Ele estava na UTI, porém consciente.

Atendendo a um pedido do próprio Donga, o corpo dele será sepultado no mesmo local onde os seus pais foram enterrados. O sepultamento está previsto para as 17h30 desta quinta-feira no cemitério do distrito Riacho da Onça, localizado no limite entre os municípios de Santaluz e Queimadas.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, não haverá a tradicional procissão fúnebre. Ao invés disso, amigos e familiares podem realizar o cortejo com carros. As medidas seguem protocolos das autoridades de saúde.

Zenon Nunes da Silva nasceu em 25 de agosto 1949, na Fazenda Bela Vista, na região da Serra da Caraconha, em Santaluz. Considerado como uma das figuras mais carismáticas do cenário político local, governou o município entre 1993 e 1996. Ele também foi vice-prefeito nos períodos de 1989 a 1992 e 2005 a 2012, quando deixou o executivo após o médico Zenonzinho, seu filho, ser eleito como prefeito da cidade.
Donga ao lado do médico Zenonzinho, seu filho e também ex-prefeito de Santaluz | Foto: Reprodução

Zenon Nunes da Silva nasceu em 25 de agosto 1949, na Fazenda Bela Vista, na região da Serra da Caraconha, em Santaluz. Considerado como uma das figuras mais carismáticas do cenário político local, governou o município entre 1993 e 1996. Ele também foi vice-prefeito nos períodos de 1989 a 1992 e 2005 a 2012, quando deixou o executivo após o médico Zenonzinho, seu filho, ser eleito como prefeito da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Nosso WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: