Estudante baiana desenvolve óleo com folhas de eucalipto para substituir agrotóxico

Motorista de ambulância fica ferido após atingir cavalo em rodovia do sul da Bahia; FOTOS
17 de setembro de 2019
Aulas no Instituto de Matemática da Ufba são suspensas após paralisação dos porteiros
17 de setembro de 2019

Estudante baiana desenvolve óleo com folhas de eucalipto para substituir agrotóxico

Segundo professora que orienta o trabalho da mestranda Cátia Libarino, óleo também é uma oportunidade para que pequenos produtores aproveitem folhas descartadas.

Uma estudante baiana desenvolveu um óleo feito com folhas de eucalipto para substituir agrotóxicos utilizados nos setores de produção, armazenamento e beneficiamento de produtos agrícolas, pastagens, entre outros.

Cátia dos Santos Libarino, mestranda em Ciência Florestal na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), começou os experimentos com o objetivo de substituir um tipo de agrotóxico a longo prazo. Os testes já foram realizados em laboratórios com um fungo.

A jovem, que costumava a observar o crescimento de um fungo nas folhas de pé de macadâmia, conhecida como uma das nozes mais saudáveis, aproveitou três tipos de eucalipto para produzir o óleo.

“É um fungo que ataca plantações frutíferas principalmente. Ele causa manchas foliares, e isso favorece a queda prematura das folhas, influenciando diretamente na comercialização da noz, que é o produto comercial de maior valor”, explicou Cátia.

NTH / G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Nosso WhatsApp